Cuidados ao Deixar Carro Consignado a Venda

Vender Carro Consignado

Ola Pessoal, sou Rogerio Galvão do site Unicodono.com.br  

Hoje gostaria de bater um papo com vocês sobre vender veículo usado de forma consignada, ou seja, deixando esse veículo em exposição em alguma loja de veículos, ou através de uma exposição virtual. 

carro consignado a venda

Essa modalidade na minha opinião é muito interessante por 2 motivos: 

  1. Primeiro- porque ajuda o consumidor a conseguir uma maior valorização de venda de seu usado, sem necessariamente ter de tratar diretamente como o comprador,  
  1. Segundo- no lado do lojista, também é vantajoso, pois ele não precisa imobilizar seu capital para comprar o veículo; trabalhando assim com formato de comissão na venda ou mais conhecido como intermediação na venda de veículos. 

E dentro desta modalidade de negócios você tem a consignação física, e a consignação virtual. 

Consignação Física e Virtual!

Na física, você deixa seu veículo na revenda para que ele possa ser exposto, anunciado e negociado.  

Já a consignação virtual, o dono do carro leva o veículo para uma avaliação na revenda, são capturadas as fotos do veículo, vídeo, e a revenda faz o anúncio do carro nos portais de venda, porém o proprietário fica utilizando seu veículo até aparecer interessados. 

No momento que surgem esses interessados são feitos os agendamentos para que a venda seja concluída. 

Até aqui tudo bem? entendeu como funciona esse modelo de negócios?

Agora vou contar os cuidados que você; dono de um veículo usado a venda; precisará tomar caso opte em vender seu carro de forma consignada. 

A consginação de veículos tem crescido muito desde do início da pandemia, juntamente com o valor dos usados que estão super valorizados. 

carro consignado golpes

Isso ocorre por alguns fatores como: 

  •  A falta de veículos novos no mercado ocasionado pela falta de peças e componentes eletrônicos e dólar elevado fazendo com que o preço e prazo de entrega do OKM  aumentasse demais, refletindo diretamente na valorização dos carros usados. 

Esse cenário tem feito com que mais lojas de veículos e concessionárias adotem o modelo de venda consignada, diminuindo assim o risco de imobilizar e perder muito capital, caso o mercado de carros novos volte a se normalizar; fazendo com que preço dos usados venha a cair repentinamente.

Então, mais do que nunca,  é preciso entender os riscos de deixar um carro usado a venda de forma consignada!  

Então vamos lá… 

Entenda os Riscos da Venda Consignada!

Infelizmente muitas das queixas e processos contra loja de carros estão diretamente ligados a problemas com documentação.   

Alguns lojistas que trabalham com veículos consignados, quando vendem o veículo, ao invés de pagar o dono do carro ficam “trabalhando” com o dinheiro desse carro e muitos deles acabam se perdendo, gastando um capital que não é dele.   

Outros são estelionatários profissionais que abrem lojas de carros exclusivamente pensando em um curto período de tempo aplicar este golpe em grande escala. 

Para resumir a história, a pessoa que comprou o carro na loja leva o carro embora, e fica aguardando o documento de transferência em seu nome; porém este documento “Nunca Chega“.   

O final dessa história nem sempre acaba bem, pois o dono do carro não reconhece a firma no documento de transferência; pois não recebeu o valor do veículo;  e o comprador do carro está com um carro em mãos que foi pago, mas oficialmente a não é dele.   

Algumas revendas que fazem isso simplesmente acabam fechando as portas, o dono da loja desaparece e o caminho disso só vai ser resolvido judicialmente.   

E infelizmente esse tipo de problema ocorre com certa frequência!  

Se você fizer uma busca agora no Google colocando “golpe carros consignados” irá perceber facilmente a quantidade de problemas relatados. 

Um caso recente, que ganhou destaque foi de uma loja de veículos de luxo em São Paulo que está sendo investigada por golpe que chega ao valor 3 milhões de reais… ver matéria – Clique Aqui 

Siga esse passo a passo para evitar problemas!

Mas calma, é possível reduzir esse problema a quase zero!!!  Mas para isso você precisa tomar os devidos cuidados! 

Primeiramente é preciso dar crédito a categoria de lojas multimarcas, que existem milhares no Brasil e que em sua grande maioria são dirigidas por comerciantes idôneos!  

Mas como tudo na vida, infelizmente os bons acabam pagando pelos maus, então todo cuidado é válido. 

No caso de deixar um carro consignado a venda em uma Concessionária Autorizada, este risco de sofrer um golpe é praticamente nulo, pois existe uma montadora multinacional por trás, que é muito exigente na hora de credenciar uma concessionária autorizada. 

Já no caso de deixar em uma loja de veículos multimarcas, siga estas recomendações para evitar problemas: 

  • Não utilize lojas que você não tenha nenhuma referência pessoal ou indicação de algum conhecido.  
  • Não se impressione com lojas de veículos com instalações maravilhosas e estoque cheio de carros importados, sem conhecer sua história e pesquisar por informações que atestem sua idoneidade.  
  • Faça pesquisa na internet no Reclame Aqui, e também pelo nome e CNPJ da empresa no Google. 
  • Exija da empresa, uma nota fiscal de Entrada em Consignação.  
  • Peça um checklist de entrada do seu veículo anotando o estado de lataria, km do veículo, acessórios, eventuais riscos no veículo,quantidade de combustível, enfim um checklist bem completo.  
  • Antes de deixar o veículo, combine com a loja sobre procedimentos de agendamento e principalmente como será feito o pagamento do veículo.  
  • Não deixe o documento de transferência (mesmo em branco) na loja, nem preencha nenhum documento de venda sem receber o pagamento total do seu carro. 
  • Deixe claro que só entregará o documento com firma reconhecida se o comprador estiver junto na negociação, ou seja o comprador paga diretamente para você e você paga o valor da comissão para a revenda. 
  • Caso seja consignação virtual, e surgir algum agendamento, leve seu carro, aguarde a visita do possível comprador e depois caso não feche negócio, você leva o carro embora novamente.  

   Resumindo, simples assim, “toma lá, dá cá! !  

 Siga estas orientações para evitar que você sofra com perda de tempo, stress e perdas financeiras! 

Confira vídeo sobre esta matéria :

 Grande Abraço 

Rogério Galvão   

Dúvidas em atendimento@unicodono.com.br

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.