combustível Comparativos

Kit Gás Compensa? Quais os Melhores Kit Gás?

O kit gás surgiu para atender a uma demanda de veículos com alta rotatividade, oferecendo mais economia e menos impactos ambientais, se comparado a outros tipos de combustíveis. Mas a economia mudou e hoje o proprietário pode se perguntar: será que fale mesmo a pena adquirir um kit gás? Veja um pouco mais sobre esta questão a seguir!

Mais economia: será?

No caso de taxistas ou motoristas profissionais, daqueles que moram longe da sua residência, quem viaja muito de carro ou faz atendimentos profissionais na cidade, a economia proporcionada pelo kit de Gás Natural Veicular (GNV) continua valendo muito a pena. Ainda mais em época de crise e instabilidade na economia.

kit gás

Com um investimento de R$ 2 mil a R$ 7 mil para a instalação do kit no seu carro, o retorno do investimento pode ser conferido ainda nos primeiros meses após a instalação.  O consumo vai depender mesmo do carro, mas é uma opção ideal para quem roda mais de 50 km por dia. No entanto, caso faça menos que isso ou pretender se desfazer do seu automóvel em breve, é interessante pensar melhor antes de instalar o kit gás, pois pode não ver o retorno do investimento.

Além disso, saiba que carros equipados com kit gás possuem o valor do seguro elevando, e isso se explica por necessitar mais de manutenção, além de ter mais riscos de roubo, furto e possíveis acidentes. Tudo isso deve ser considerado. E no caso de carros mais compactos, com motorização 1.0, por exemplo, que por si só já são bem econômicos, com a instalação do kit gás pode se transformar em um verdadeiro pesadelo – ainda mais se quiser usar o dispositivo com ar-condicionado ligado em uma condição em que precisa de potência, como é o caso de aclives, por exemplo.

Veja mais sobre se vale ou não a pena adquirir um kit gás neste vídeo do Programa Vrum:

https://www.youtube.com/watch?v=FUlyrIff8bY

Comparativos

A primeira vantagem do kit gás é o valor, já que o gás é mais barato que a gasolina e o etanol. Ele é também mais eficiente, já que o GNV é em média 30% a 40% mais eficiente que a gasolina. Com isso, você pode rodar mais. Carros com o kit gás contam ainda com um desconto no valor do IPVA.

No entanto, é sempre importante fazer uma análise particular do consumo do seu automóvel em combustíveis líquidos e quanto consumiria com gás natural. Saiba quantos Km faz por mês, por exemplo, e calcule a diferença em função dos preços e consumos dos dois tipos de combustível. O cálculo é bem simples.

Além disso, é importante considerar ainda algumas desvantagens, como a desvalorização do veículo na hora da revenda, apólice do seguro do automóvel mais cara, aumento do peso no carro, diminuição da potência e o desgaste de algumas partes do motor, como os cabos de vela. Além disso, o combustível líquido não deixa de ser usado em algumas poucas situações.

Entre outras vantagens estão o aumento da vida útil do escapamento em até 20% devido ao não acúmulo de água oriundo da gasolina e do álcool, é um combustível mais limpo para o sistema, o óleo dura mais, etc.

Instalação

Se você pretende inserir o kit gás no seu veículo, deve comparecer ao DETRAN de seu estado e se informar a respeito da alteração conforme o seu modelo. Deve apresentar o RG, CPF, Certificado de Registro de Veículos (CRV) e comprovante de residência. O kit gás deve ser instalado por uma oficina especializada e certificada.

A manutenção deve ser constante e o motorista deve considerar a verificação do cabeçote e das válvulas de admissão de combustível, que tendem a ficar danificadas devido à utilização excessiva do GNV, que é seco e não lubrifica as peças. Saiba ainda que o seu veículo deve passar por revisão e averiguação do equipamento pelo menos uma vez por ano.

Veja Também: Como trocar a embreagem do seu carro

Gostou do artigo? Deixe um comentário logo abaixo!

Imagens: Pinterest.

Recomendados

Inscreva-se Para Receber Nossas Novidades Automotivas

E-mail:

Siga-nos no Facebook

Auto Shopping Cristal