Quando trocar os pneus de um veículo: 7 sinais

Quando trocar os pneus de um veículo: 7 sinais

Na hora de comprar um carro algumas avaliações são fundamentais, como as consultas veiculares online. É nela que informações importantes além das que estão à vista aparecem. 

E quem já está com um veículo há muito tempo, precisa se atentar para a manutenção do veículo. A documentação sempre precisa estar em dia e a mecânica também. 

7 sinais para saber quando trocar os pneus do seu carro

Marque sempre na agenda quando trocar os pneus. Mantenha a segurança e a durabilidade do seu carro. 

Não é preciso ter problemas como furos e deslizamentos por conta do desgaste para saber quando trocar os pneus. Assim como a troca de óleo, o tempo de utilização deve ficar marcado na agenda. 

E para te ajudar a entender quando trocar os pneus do seu carro, separamos algumas dicas e informações. Confira. 

Importância de trocar os pneus sempre que necessário

Não saber quando trocar os pneus e deixar que ele se desgaste mais do que é necessário implica em problemas sérios. O carro pode ficar inseguro, já que quando careca o pneu tende a deslizar mais e a não responder os freios. 

O carro com o pneu desgastado também gasta muito mais combustível. E não é só desgaste provocado pelos  buracos, desníveis e objetos cortantes que implica na troca do pneu. 

Toda borracha tem um tempo de vida estabelecido. Com o pneu não é diferente, já que ele está em contato direto com o solo de maneira agressiva a maior parte do tempo. Então o remanejamento dos pneus e a sua troca periódica é fundamental.

Altura dos sulcos

Existe uma marca que indica quando trocar os pneus. Essa marca é a sigla TWI, que significa Tread Wear Indicator, que significa indicação de desgaste de banda. 

Ela fica localizada na lateral do pneu, sempre escondida pela “pelagem”, ou sulcos do pneu. Quando essa marca fica a mostra, quer dizer que está na hora de realizar a troca. 

Popularmente chamado de pneu careca, quando os sulcos ficam abaixo de 1,6 milímetros indica que o pneu sofreu muito desgaste e que não pode mais ser restabelecido. Nesse caso, é inseguro continuar rodando com o pneu.

Tanto que andar com o pneu com os sulcos baixos pode gerar uma multa de quase R$ 200,00, além de pontuação na carteira e a apreensão do carro.

Considere o tempo de usar para saber quando trocar os pneus

quando trocar os pneus

Existe uma informação que indica exatamente quando trocar os pneus. É a data de validade deles. Essa é uma informação muitas vezes negligenciada, mas que precisa de atenção. 

Os pneus têm data de validade de 5 anos a partir da sua data de fabricação. Essa data é indicada em todos os pneus, marcada na lateral. 

Observe um número com quatro dígitos. Os dois primeiros indicam a semana que foi fabricado e os dois últimos o ano. Por exemplo 1522, indica que o pneu foi fabricado na semana 15 do ano de 2022.

Assim que adquirir os pneus, anote essa data e a deixe visível para a troca. Quanto mais o pneu é utilizado além da validade mais perigoso ele fica. 

Envelhecimento dos pneus

Os pneus dos carros também envelhecem. Especialmente porque são a única parte em contato direto com o chão, gerando muito desgaste. 

E atritos frequentes nos diversos tipos de solo envelhecem o pneu muito mais rápido. Já que eles podem rodar em asfaltos desgastados, passar por buracos, objetos cortantes e até a temperatura do solo pode afetá-los.

No entanto, o envelhecimento deixa à vista quando trocar os pneus. É possível ver a borracha trincando, perfurada e até o desgaste dos sulcos. 

Quando os pneus apresentam essas irregularidades, é preciso trocá-los imediatamente. Nestas circunstâncias, eles podem te deixar na mão a qualquer momento.

Surgimento de furos ou cortes

O mais comum e que leva a todos os motoristas a saberem quando trocar os pneus é o surgimento de furos ou cortes. 

Nem sempre é perceptível a hora que o pneu fura. Quando o objeto cortante entra na massa do pneu ele interrompe a saída rápida do ar, então o pneu vai murchando com o passar dos dias. 

Em alguns casos, ainda é possível remediar o pneu furado. Mas na grande maioria das vezes, é preciso trocar o pneu danificado. 

Os cortes são menos comuns. Acontecem quando o pneu é rasgado por um objeto pontiagudo ou afiado. O que é mais difícil. Nesse caso, o pneu murcha rapidamente e fica impossibilitado de continuar andando na mesma hora.

Desgaste irregular

O desgaste do pneu acontece sempre que ele entra em atrito em terrenos muito irregulares, com obstáculos e objetos pontiagudos. 

A falta do rodízio também aumenta o desgaste do pneu. Isso acontece porque o carro tem pesos diferentes nas laterais e uma carga fica maior de um lado do que em outro. 

Para evitar o desgaste irregular é importante fazer a calibração dos pneus regularmente. Sempre se atentando para o quanto de ar vai inserir. Se ele estiver muito cheio em um terreno com muitos buracos ele pode estourar. 

Se estiver vazio, pode exigir muito do carro e gastar mais combustível.

Surgimento de bolhas na borracha

O surgimento das bolhas na borracha é muito comum e indica quando trocar os pneus. Essa troca deve ser feita imediatamente, já que se a bolha estourar pode provocar um acidente grave. 

Esse surgimento acontece principalmente pela falta de cuidado do motorista, quando o carro corre muito e os pneus encostam na carcaça, ou quando tem muito impacto.

7 sinais para saber quando trocar os pneus do seu carro

Faça o teste da moeda!

Você sabia que a parte amarela da moeda de um real tem exatamente 1,6 milímetros? Esse é o número mínimo que devem estar os sulcos do pneu do carro. 

Eles indicam quando trocar os pneus. Por isso, caso não veja a validade na lateral, você pode fazer o teste da moeda. 

Meça os sulcos do pneu com a parte amarela da moeda. Se estiverem menores, está na hora de realizar a troca.

Conclusão

O carro exige manutenção constante. Saber quando trocar os pneus é fundamental para rodar com segurança e tranquilidade. 

Por isso, fique atento aos sinais listados aqui. A maioria deles são visíveis a olho nu e precisam apenas de um pouco de atenção. 

Mantenha a calibragem em dia e sempre dirija com cautela para aumentar a vida útil dos pneus do seu carro.

por , Unicodono.com.br

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.